Renovação Carismática Católica - Arquidiocese de Florianópolis/SC
FORMAÇÃO - Comunicação Social
 
 
09
Nov
Por que há tantos espinhos na Política?
Por que há tantos espinhos na Política?A Palavra de Deus, no livro de Juízes, nos dá uma resposta para essa pergunta:

"As árvores resolveram um dia eleger um rei para governá-las e disseram à oliveira: reina sobre nós! Mas ela respondeu: renunciarei, porventura, ao meu óleo que constitui minha glória aos olhos de Deus e dos homens, para colocar-me acima das outras árvores? E as árvores disseram à figueira: vem tu, e reina sobre nós! Mas a figueira disse-lhes: poderia eu, porventura, renunciar à doçura de meu delicioso fruto, para colocar-me acima das outras árvores? E as árvores disseram à videira: vem tu, reina sobre nós! Mas a videira respondeu: poderia eu renunciar ao meu vinho que faz a alegria de Deus e dos homens, para colocar-me acima das outras árvores? E todas as árvores disseram ao espinheiro: vem tu, reina sobre nós! E o espinheiro respondeu: se realmente me quereis escolher para reinar sobre vós, vinde e abrigai-vos debaixo de minha sombra; mas, se não o quereis, saia fogo do espinheiro e devore os cedros do Líbano!"
Juízes, 9; 8-15

Foi Deus mesmo quem deu à oliveira, à figueira e à videira os dons que faziam elas se destacarem entre todas as árvores. As outras árvores viam nesses dons algo importante na escolha de um governante para elas, mas essas que tinham os dons recusaram o chamado para se envolverem no governo por se apegarem aos próprios dons e não quiseram sair de seu conforto e estabilidade.

Da mesma forma Deus nos dá vários dons e nos chama a colocá-los a serviço do bem comum. Deus nos dá o dom de falar em público, o dom da percepção dos problemas do nosso bairro e da nossa cidade, o dom de reunir os vizinhos para buscarmos juntos soluções para esses problemas. Todos esses dons Ele nos dá para usarmos na construção de uma sociedade melhor para todos.

Além de todos esses dons, Ele nos dá o dom de interceder pelos nossos governantes. São Paulo escreve: “Acima de tudo, recomendo que se façam preces, orações, súplicas, ações de graças por todos os homens, pelos reis e por todos os que estão constituídos em autoridade, para que possamos viver uma vida calma e tranquila, com toda a piedade e honestidade. Isto é bom e agradável diante de Deus, nosso Salvador, o qual deseja que todos os homens se salvem e cheguem ao conhecimento da verdade." I Tim 2; 1-4. Devemos fazer essa intercessão também pelo bem de toda a nossa sociedade.

Se não colocamos esses dons que recebemos de Deus a serviço de todos através do nosso envolvimento com o governo, a Palavra de Deus nos diz o que acontece: Somente os espinheiros serão elevados à condição de governantes e vão, com toda certeza, trazer espinhos para todos os seus governados.

Por isso é tão importante assumirmos a nossa responsabilidade pelos dons que Deus nos deu e colocá-los hoje a serviço da nossa comunidade, cidade, estado e país, para construirmos juntos a Pátria que queremos viver.


Fonte: Tarcísio Rocha Figueredo participa do Ministério Universidades Renovadas da Arquidiocese. Coordena o GPP, um grupo que tem o foco nas pessoas formadas que desejam evangelizar o meio universitário.

Compartilhe está Notícia
Indique a um amigo
 
 

Copyright © 2014 Renovação Carismática Católica - Arquidiocese de Florianópolis/SC. Todos os direitos reservados.