Renovação Carismática Católica - Arquidiocese de Florianópolis/SC
Igreja
 
 
26
Mar
Papa aos jovens: vós sois a esperança viva de uma Igreja em caminho
Papa aos jovens: vós sois a esperança viva de uma Igreja em caminho

“Cristo vive e ama-te infinitamente. E o seu amor por ti não está condicionado pelas tuas quedas ou pelos teus erros. Ele que deu a sua vida por ti, não espera pela tua perfeição para te amar”, enfatiza Francisco.


 


“Queridos jovens, Cristo vive e quer-vos vivos! Queria, antes de mais nada, que as minhas palavras reavivassem em vós a esperança. De fato, no atual contexto internacional marcado por tantos conflitos, tantos sofrimentos, posso imaginar que muitos de vós se sintam desanimados. Por isso desejo começar, juntamente convosco, do anúncio que está no alicerce da esperança para nós e toda a humanidade: Cristo vive!” Essas são as palavras iniciais do Papa Francisco em sua mensagem direcionada aos jovens, cinco anos após a publicação da Exortação apostólica Christus Vivit, fruto da Assembleia do Sínodo dos Bispos que teve como tema: “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”.


 


No texto, o Santo Padre volta-se para a juventude, convidando-os a não se deixarem dominar pelo medo e pelo desânimo, mas a serem motores para o mundo:


 


“Recomendo-vos que nunca nos deixeis faltar o vosso barulho bom, o vosso impulso como o de um motor limpo e ágil, o vosso modo original de viver e anunciar a alegria de Jesus Ressuscitado!”


 


Compartilhar com Cristo as alegrias e os sofrimentos


Em sua mensagem, o Papa parte do querigma, a proclamação da salvação que é o fundamento da esperança para toda a humanidade: “Cristo vive e ama-te infinitamente. E o seu amor por ti não está condicionado pelas tuas quedas ou pelos teus erros. Ele que deu a sua vida por ti, não espera pela tua perfeição para te amar”.


 


"Olha os seus braços abertos na cruz e «deixa-te salvar sempre de novo», caminha com Ele como com um amigo, acolhe-O na tua vida e deixa-O compartilhar as alegrias e as esperanças, os sofrimentos e as angústias da tua juventude. Verás que o teu caminho se iluminará e até os fardos maiores se hão de tornar menos pesados, porque estará Ele a carregá-los contigo."


 


"Fazei-vos ouvir!"


O desejo do Pontífice é que todos percebam este anúncio como "vivo e verdadeiro" em suas próprias vidas e sintam o impulso de compartilhá-lo com seus amigos. "Sim, porque vocês têm esta grande missão: testemunhar a todos a alegria que vem da amizade com Cristo", enfatiza Francisco.


 


O Papa então recorda o seu primeiro contato, logo que foi eleito, com jovens de todo o mundo durante a JMJ no Rio de Janeiro, em 2013:


"Ao início do meu Pontificado, durante a JMJ do Rio de Janeiro, disse-vos alto e bom som: fazei-vos ouvir! “Hagan lio!”. E o mesmo continuo a pedir-vos hoje: fazei-vos ouvir, gritai, não tanto com a voz mas sobretudo com a vida e o coração, esta verdade: Cristo vive! Para que toda a Igreja seja impelida a levantar-se e pôr-se incessantemente a caminho a fim de levar a sua Boa Nova a todo o mundo."


 


Artesãos do futuro


O Papa Francisco também lembra que no próximo dia 14 de abril será o 40º aniversário do primeiro grande encontro de jovens em 1984, por ocasião do Ano Santo da Redenção. Foi o "desdobramento" das futuras Jornadas Mundiais da Juventude e, no final daquele ano jubilar, João Paulo II entregou uma Cruz aos jovens com "a missão de levá-la ao mundo inteiro como sinal e lembrança de que somente em Jesus morto e ressuscitado há salvação e redenção".


 


"Contemplai Jesus assim: vivo e transbordante de alegria, vencedor da morte, um amigo que vos ama e quer viver em vós. Só assim, à luz da sua presença, é que será fecunda a memória do passado e tereis a coragem de viver o presente e enfrentar o futuro com esperança. Podereis livremente assumir a história das vossas famílias, dos vossos avós, dos vossos pais, das tradições religiosas dos vossos países, para serdes, por vossa vez, construtores do amanhã, “artesãos” do futuro."


 


Sinodalidade, fruto do contato com os jovens


Ao refletir especificamente sobre a exortação "Christus Vivit", que retrata a imagem de uma Igreja que quer caminhar junto e, portanto, escuta, dialoga e discerne constantemente a vontade do Senhor, Francisco recorda que há mais de cinco anos, muitos jovens de várias partes do mundo foram convidados a compartilhar suas expectativas e desejos em vista do Sínodo sobre os Jovens.


 


"Centenas de jovens vieram a Roma e trabalharam juntos durante alguns dias, recolhendo as ideias a propor: graças ao seu trabalho, os Bispos puderam conhecer e aprofundar uma visão mais ampla do mundo e da Igreja. Foi um verdadeiro “experimento sinodal”, que produziu muitos frutos e preparou a estrada também para um outro Sínodo, aquele que estamos vivendo nos últimos anos, precisamente sobre a sinodalidade."


 


Na conclusão da mensagem, o Papa se dirige diretamente aos jovens expressando sua gratidão: “Queridos jovens, vós sois a esperança viva de uma Igreja em caminho! Por isso agradeço a vossa presença e contribuição para a vida do Corpo de Cristo”.


 


Fonte: Vatican News.


Fotógrafo: Reprodução: Vatican News

Fonte: Vatican News

Compartilhe está Notícia
Indique a um amigo
 
 

Copyright © 2014 Renovação Carismática Católica - Arquidiocese de Florianópolis/SC. Todos os direitos reservados.